Cegonha Medicina Reprodutiva

Funcionamento : Segunda a Sexta - 08h às 18h
  Contato : 31 2534-2710

Inteligência artificial e a FIV

Inteligência Artificial aprende a identificar melhores embriões em FIV

Entenda como a Inteligência Artificial pode ajudar na Fertilização in Vitro

Pesquisadores treinaram um software de inteligência artificial para classificar os embriões humanos com um alto grau de precisão.

No estudo publicado na NPJ Digital Medicine, um time multidisciplinar conduzido por pesquisadores na Cornell University in New York City em Nova York, demonstraram o uso de uma rede de conhecimento profundo do Google para classificar embriões com 5 dias de vida.

O algoritimo STORK

O algoritimo, chamado de ‘STORK’, foi treinado usando gravações de time-lapse do desenvolvimento de mais de 10.000 embriões.

A classificação dos embriões é uma ferramenta padrão para a seleção de embriões na FIV – os embriões com melhores características de simetria, número de células e baixa fragmentação, são usados ​​para transferência preferencialmente.

No entanto, essas avaliações morfológicas são demoradas e subjetivas, com diferentes embriologistas chegando a diferentes conclusões. Os esquemas de classificação de embriões não possuem padronização em todo o campo. A IA – Inteligência Artificial pode ser capaz de superar essas limitações.

“Foi uma oportunidade de automatizar um processo que é demorado e propenso a erros, algo que nunca foi feito antes com embriões humanos”, disse Olivier Elemento, autor do estudo e diretor do Weill Cornell’s Englander Institute for Precision Medicine.

A Classificação dos embriões

A classificação dos embriões como de baixa, média ou alta qualidade foram comparados entre o STORK e cinco embriologistas de 3 continentes diferentes. STORK demonstrou estar de acordo com a decisão majoritária dos embriologistas (3 de 5) em 95,7% dos casos. Os próprios embriologistas estavam em total concordância em apenas 89 dos 374 embriões.

O grupo preconiza que a ferramenta ajudará a aumentar as taxas de gravidez e a apoiar a transferência de um único embrião, reduzindo assim os riscos associados aos nascimentos múltiplos.

“Nosso algoritmo ajudará os embriologistas a maximizar as chances de seus pacientes terem uma única gravidez saudável”

, disse o Dr. Elemento.

“O procedimento de fertilização in vitro continuará o mesmo, mas poderemos melhorar os resultados aproveitando o poder da inteligência artificial.”

Combinando a pontuação STORK para 2182 embriões com as informações do paciente, como idade e diagnóstico clínico, quadro foi usado para prever a probabilidade de gravidez. No entanto, esta tecnologia ainda tem que ser submetida a testes independentes para provar um benefício clínico.

Dr Eric Forman da Columbia University Fertility Centre, também na cidade de Nova York, que não esteve envolvido neste estudo, disse à Wired:

“Tudo o que esse algoritmo pode fazer é mudar a ordem de quais embriões são transferidos. É preciso mais evidências para dizer que ajudará as mulheres a engravidar de forma mais rápida e segura.”

Mais estudos estão por vir

O grupo está planejando um ensaio clínico randomizado para comparar as taxas de implantação entre o STORK e os embriões selecionados por embriologistas. Além disso, eles estão supostamente trabalhando no sistema para identificar embriões com aneuploidia, conteúdo anormal de cromossomos. Isso poderia representar uma alternativa para o rastreamento genético pré-implantacional, um procedimento caro e invasivo.

“Acreditamos que os padrões de divisão celular que podemos capturar com esses filmes poderiam potencialmente levar informações sobre esses defeitos, que estão escondidos nos snapshots”, disse o Dr. Elemento.

Fontes e Referências:

AI Can Grade IVF Embryos with Same Accuracy as Experts
Interesting Engineering | 5 April 2019
AI could scan IVF embryos to help make babies more quickly
Wired | 4 April 2019
Deep learning enables robust assessment and selection of human blastocysts after in vitro fertilization
npj Digital Medicine | 4 April 2019

Escrito por: Bethany Muller
Este artigo foi reproduzido com permissão da fonte e publicado originalmente em inglês pela Progress Educational Trust – BioNews, para ler o artigo original por favor acesse:
Artificial intelligence learns to identify good embryos for IVF.

A equipe do Cegonha Medicina Reprodutiva, possui os melhores profissionais para os tratamentos de reprodução humana assistida.

Agende sua consulta. Cuide de você.

Compartilhe: