Cegonha Medicina Reprodutiva

Funcionamento : Segunda a Sexta - 08h às 18h
  Contato : 31 2534-2710

Espera difícil

A espera mais difícil

O período entre a transferência embrionária e o teste de gravidez pode parecer infinito. Confira algumas dicas que podem te ajudar a superar essa fase!

Duas semanas, aproximadamente, é o período de espera entre a transferência embrionária e o teste de gravidez. É o período que você tem que esperar para descobrir se você está grávida ou não, após um tratamento de Reprodução Assistida (RA).

A maioria das pessoas submetidas a tratamento de RA lhe dirá que a espera de duas semanas é uma montanha-russa absoluta de esperança e medo. Tendo passado por tratamentos de fertilidade anteriormente, seu medo do fracasso pode ser muito grande.

Além disso, seu corpo está cheio de hormônios e você terá que passar por um período altamente estressante e emocionalmente desgastante. De fato, possivelmente as duas semanas mais longas da sua vida!

Inevitavelmente, todas nós começamos a analisar cada sinal e sintoma, buscando na internet o que isso pode significar e esperando pelo dia de fazer o teste de gravidez.

As seguintes palavras resumem o que a maioria das mulheres sentem:

“O momento em que a transferência embrionária é feita é quando os jogos começam. Jogos mentais. Isso é conhecido como a Espera de Duas Semanas e é minha versão pessoal do inferno. Este é um período de duas semanas esperando para ver se a fertilização in vitro funcionou. É exaustivo e para muitos uma tortura.

Suas emoções vão balançar de um extremo para o outro. O pêndulo nunca é estável, suas emoções nunca são seguras. Seu coração e cabeça competem por espaço.

Não é possível tratar as duas semanas como quaisquer outras duas semanas e não pensar nisso.

Vão te dizer para “relaxar, vai acontecer” ou “talvez você deva tirar férias”.

Saiba o que fazer para ajudar a diminuir a espera

Aqui estão 8 dicas para ajudar você a cuidar do seu bem-estar durante as semanas de espera e suportar a impaciência (isso funcionou, posso testar?), Ansiedade (funcionou, e se falhar?) E tristeza (e se falhar, temos a força e as finanças para fazer isso de novo?)

Você pode experimentar:

1. Tente não analisar excessivamente os sintomas de gravidez.

Primeiro você precisa se lembrar que acabou de sofrer uma estimulação de seus ovários e provavelmente ainda está tomando vários hormônios.

Seu corpo passou por muita coisa, especialmente se você foi submetida à coleta de óvulos, e levará algum tempo para se sentir 100% normal novamente. Às vezes, as pontadas, câimbras e dor que você está sentindo são realmente apenas pontadas, cólicas e dor comuns.

Tentar analisar cada sinal do seu corpo só contribuirá para sua ansiedade e estresse e é quase impossível nesta fase determinar se estes são os sintomas da gravidez, TPM (tensão pré-menstrual) ou dos hormônios. A triste e dura realidade é que a TPM e os sintomas da gravidez precoce são quase idênticos, pois ambos causam um aumento na produção de progesterona.

2. Evite ficar obcecado na internet.

Com literalmente centenas e milhares de artigos na internet é fácil ser pego lendo tudo e qualquer coisa que possa estar relacionada a você.

O Dr. Google não é de fato um especialista médico com anos de educação e experiência. Nem são 99% das pessoas que você encontrará em vários grupos de bate-papo e fóruns.

Embora esses grupos possam oferecer um ótimo suporte e conforto, não considere seus comentários como conselhos médicos. Muito tempo obcecado na internet pode fazer com que as duas semanas de espera pareçam dois meses, e o pensamento implacável está altamente ligado à ansiedade e à depressão.

3. Procure suporte.

Seja qual for o meio de apoio que você descobriu que funciona para você, continue com isso. Isso pode ser com um terapeuta ou conselheiro, participando de um grupo de suporte físico ou sendo um membro de um fórum online ou grupo de apoio.

É importante ter pessoas para ajudá-lo nos momentos difíceis e nos bons.

4. Decida antecipadamente se deve ou não dar um tempo nas mídias sociais.

Por sorte (ou azar), só porque você está no meio de uma espera de duas semanas emocionalmente exaustiva, você irá saber notícias daquela conhecida que só teve que olhar para o parceiro para engravidar. Ok, isso é um pouco drástico, mas você quer saber anúncios de gravidez de outras pessoas durante esse tempo?

Tente decidir antecipadamente se tais anúncios serão edificantes ou esmagadores, e tome sua decisão com base em como você acha que vai reagir. Se eles vão aumentar aos seus níveis de estresse e ansiedade, talvez seja melhor fazer uma pausa nas mídias sociais.

5. Mantenha-se ocupada!

Qualquer pessoa que esteja esperando para ouvir notícias importantes dirá que o tempo desacelera ao ritmo de uma tartaruga.

A única maneira de ajudar o tempo a passar mais rápido é mantendo-se ocupado ou encontrando algo para se distrair – qualquer coisa que mantenha sua mente fora das duas semanas de espera.

As ideias podem incluir: trabalhar mais, empreender um projeto criativo, ler um livro altamente envolvente, montar um quebra-cabeças complexo, agendar encontros diários com amigos e familiares, começar a assistir a uma série de diversão ou aprender um novo hobby. O objetivo é encontrar algo que você goste, que faça você se sentir bem e mantenha sua mente ocupada.

6. Programe o tempo de reflexão, conversação e registro no diário de duas semanas.

À medida que você progride ao longo do dia, anote as sensações, perguntas, pensamentos, etc. que vêm à mente sobre as duas semanas de espera.

Mais tarde, você pode usar o tempo alocado para sentar e conversar com seu parceiro sobre isso e aproveitar a oportunidade para ouvir seus pensamentos.

Se você se perder durante o dia e ficar obcecado com a espera de duas semanas, retome-se e volte ao normal mantendo-se ocupado. Pode ser um hábito difícil de entrar inicialmente, mas você será muito grato a si mesmo por aderir a ele.

7. Pratique técnicas de relaxamento.

Se você gosta de aprender técnicas de relaxamento, é melhor ter adquirido a habilidade antes de estar em um estado ansioso.

Muitas pessoas acham que a meditação, a ioga, a respiração profunda, as visualizações, a acupuntura ou o estabelecimento de rotinas funcionam para eles.

8. Entenda que nada que você faça fará diferença.

Neste ponto, não há nada que você possa fazer para mudar o resultado do teste de gravidez. É realmente melhor continuar a vida normalmente e não fazer mudanças radicais na dieta ou nos exercícios.

Sangramento de implantação ou menstruação?

O sangramento de implantação ocorre em aproximadamente 30% das gestações e é causada pelo embrião se fixando ao seu útero.

É fácil confundi-lo por menstruação – por isso, não entre em pânico. Mas lembre-se também que somente 30% das mulheres experimentam isso – se você não passar por um sangramento de implantação, isso não significa que você não está grávida.

Tente não pensar ou enfatizar isso demais.

Pensamentos finais

Esteja preparada!

É importante reconhecer que este é um período estressante e ainda mais porque você não tem absolutamente nenhum controle sobre a situação. Sentir-se estressado, ansioso ou impaciente é completamente normal.

O estresse não afetará o resultado do tratamento. Esteja preparado para viver um dia de cada vez.

Evite testes de gravidez precoces e repetidos.

É melhor aguardar o momento adequado para testar e evitar testes precoces demais e repetidos.
Duas semanas é muito tempo para esperar sem saber o que está acontecendo dentro de você – há um pouco de vida crescendo ou não.

Não é fácil, mas tente ser o mais positivo possível. A situação está absolutamente fora de seu controle agora, e quanto menos ansiosa você ficar, menos dura será esta fase.

Todo o conteúdo deve ser considerado apenas como opinião. Procure sempre o aconselhamento direto do seu médico em relação a quaisquer questões ou problemas que possa ter.

Adaptado de: westmeadfertilitycentre.com.au

Compartilhe: